Buscar

Culto aos Orisás , um encontro entre o passado e o presente em busca de um futuro melhor

Atualizado: 24 de ago. de 2018

O termo Orisás pode ser traduzido por guardião da cabeça, ou simplesmente por ancestral divinizado.



Estes ancestrais divinizados, acredita-se que foram os primeiros habitantes ou primeiros lideres religiosos ligados diretamente a família do criador do mundo.

Prestamos culto a estes ancestres, porque eles adquiriram o que chamamos de “iwa pele” que significa “bom caráter”, ou seja, o Orisá é um sujeito que foi divinizado, porque na terra , foi dotado de bom caráter, caráter este, excepcional, fazendo com que a sua descendência e a sua comunidade o venerasse por entender que nele, havia de fato algo a ser copiado.

Não muito diferente disto, o modelo cristão católico, reconhece por feitos e comportamentos maravilhosos os seus santos, e a eles devotam templos, festas e devoções. Os cristãos protestantes, também devotam culto a Jesus, e um culto especial aos textos judaicos e textos cristãos denominado bíblia, e há ainda uma devoção especial ao Espirito Santo, como sendo o agente que transmite a força de Deus para os homens.

Fiz este pequeno paralelo, porque, por força da colonização, fica mais fácil a compreensão a partir deste comparativo.

Cultuar o Orisá, nada mais é, do que referenciar aqueles que a partir de seu modelo tradicional, tiveram feitos bons e ajudaram tanto em vida, quanto espiritualmente os seus.

É importante dizer que a maneira de cultuar o Orisá, acaba mudando de local para local, de comunidade para comunidade, até por força da dinâmica do estado que muitas vezes suprimiu, por força da perseguição social e cultural. Toda via, a melhor maneira de mantermos o que sobrou de África em nós, é por meio do culto aos Orisás.

Cultuar o Orisá, é uma busca contínua por uma identidade, e uma evolução espiritual. Quem sente o asé, com certeza tem sua vida alterada, e é isto que é o Orisá, a alteração de nosso estado comum, nos tornando melhores, nos tornando seres de bom caráter, afim de que nossa descendência, tenha orgulho de nós, e conte nossa história para as gerações futuras.

Orisás Mojubá!!

Babá Henrique Silva

220 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo